Plano Brasil sem Miséria aponta melhorias na Assistência Social do município de Tibau

O Plano Brasil Sem Miséria lançado em junho de 2011 com o desafio de superar a extrema pobreza no país. No acompanhamento do Plano, o MDS utiliza as informações do Cadastro Único, ele provê dados individualizados, atualizados no máximo a cada dois anos, sobre os brasileiros com renda familiar de até meio salário mínimo per capita, permitindo saber quem são, onde moram, o perfil de cada um dos membros das famílias e as características dos seus domicílios.
Crianças atendidas no Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos
Atualmente no município de Tibau existe 1.069 famílias registradas no Cadastro Único e 537 famílias beneficiadas do Programa Bolsa Família (51,29% da população do município), na administração do Prefeito Naldinho o município apresenta uma cobertura cadastral que supera as estimativas oficiais, de maneira que a gestão municipal do Cadastro Único tem concentrado esforços em aumentar a qualidade das informações registradas na atualização dos dados familiares. Com isso, o município tem abrido espaço para incluir no Bolsa Família as famílias em extrema pobreza já cadastradas e que ainda não recebem os benefícios.
Dia de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes
No mês de julho/2013, o município tinha 537 famílias no Programa Bolsa Família. Isso representa 124,59% do total estimado de famílias do município com perfil de renda do programa (cobertura de 124,59%), onde foram transferidos R$ 85.972,00 às famílias beneficiárias do Programa no mês de julho.
Crianças atendidas na Creche Santa Teresinha
Além disso, no município 98,66% das crianças e jovens de 6 a 17 anos do Bolsa Família têm acompanhamento de frequência escolar. Muito além da média nacional que é de 86,69%. O município está acima da média, sendo constante os trabalhos desenvolvidos pelas secretarias de Assistência Social e de Educação que continuam trabalhando juntas para aumentar o número de famílias cujos filhos têm frequência escolar verificada.
Pré Conferências de Assistência Social 
Outro fator importante está na área de saúde, o acompanhamento chega a 58,71% das famílias com perfil, ou seja, aquelas com crianças de até 7 anos e/ou com gestantes. Sendo a média nacional de 73,12%, a gestão municipal já está trabalhando para aumentar o número de famílias com acompanhamento pela rede de saúde do Programa de Saúde Família e o Programa Saúde na Escola.
Proerd nas Escolas do Município
Atualmente o município tem em seu território: 01 Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e 01 Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) ambos confinanciado pelo MSD.

Equipe do SCFV
Para maiores informações sobre os serviços de assistência social foram instalados telefones para atendimento aos usuários: Secretaria de Assistência (84) 3326-2569, Conselho Tutelar (84) 3326-2406, CRAS (84) 3326-2294, CREAS (84) 3326-2381 e o PETI (84) 3326-2585.

Mais informações sobre o estudo apresentado pode ser obtidos no Portal do Brasil sem Miséria: www.brasilsemmiseria.gov.br/municipios

Conferência Municipal de Assistência Social