Acontecerá em 14 de dezembro a 1ª Regata da Liberdade na Praia de Tibau


No dia 14 de dezembro, a praia Rio Grande do Norte, próximo à Pedra do Chapéu, em Tibau, será palco de uma grande movimentação com a realização da Iª Regata da Liberdade, na praia. O evento vai abrir oficialmente os festejos de emancipação político-administrativo do município de Tibau, que completa 19 anos, no dia 22 de dezembro.

Ao todo, 40 velejadores vão participar da regata, que além dos prata da casa, também terão os de Grossos, Areia Branca e Icapuí, sendo esta última, a maior comunidade pesqueira do país, com mais de 500 barcos de pesca, se notabilizando, inclusive, com experientes profissionais que realizam esse tipo de competição.

É o caso de José Cláudio, que a convite do secretário municipal de Turismo, Milton Guedes, para coordenador a regata no município de Tibau. “Cláudio traz em seu currículo a coordenação de doze regatadas, tem muita experiência e, com toda certeza, saberá conduzir esse processo para transformar a nossa primeira regatada em um grande sucesso”, diz Milton Guedes.

Ainda segundo o secretário, algumas reuniões com os velejadores já foram realizadas, onde se expôs os critérios e regulamento.

PARCEIROS – Cada vela trará a logomarca de um patrocinador, para isso, a coordenação do evento vem se mobilizando para conseguir quarenta patrocinadores, ou seja, um para cada velejador. “Já conseguimos aproximadamente a metade desses apoiadores que terão suas empresas, logomarcas pintadas nos panos da vela, por um artista da terra”, ressalta.

Milton Guedes acredita que todos os velejadores vão ser patrocinados. Este é seu objetivo. Para isso, tem se movimentado no sentido de conseguir novos apoios. “Empresas e empresários que desejarem ser patrocinador do evento, de um velejador, pode nos contatar atrás do (84) 9104-6453 ou 8128-0973, que com certeza daremos visibilidade a esses patrocinadores, que estão apoiando o resgate de uma competição bonita e prazerosa para aquelas pessoas que vivem da pesca”, salienta Milton Guedes.